ALT Linux 4.1

logoContinuando nossa série de distribuições Linux de ‘A’ a ‘Z’ chegou a vez do ALT Linux. Essa distro pode ser um pouco desconhecida para o público brasileiro, mas é uma distro muito importante na Rússia e no Leste Europeu. A ALT Linux foi fundada em 2001, pela junção de dois grandes projetos russos de software livre. No começo, o time fazia uma distribuição com base no Mandrake, e que na verdade era o Mandrake traduzido para russo. Mais adiante começaram a fazer pacotes para o Mandrake a fim de atender as necessidades dos consumidores e do mercado russo. Desde a versão 3.0, todos os pacotes são produzidos pelo próprio time da ALT Linux e a distro passou a caminhar com as próprias pernas. Contando inclusive com infra-estrutura própria e seu próprio repositório chamado Sisyphus, qual fornece toda a base para as diferentes edições da ALT Linux.

Em 17 de Março deste ano, a empresa ALT Linux e OpenGO (antiga Ventox Boundless Brasil) anunciaram a abertura da representação da ALT Linux no Brasil. Desde então a comunidade brasileira e o suporte só tem crescido, tornando a distro mais conhecida por aqui.

Instalação do ALT

Primeiros passos (ou tropeços 😀 )

A instalação é bem tranquila, o que pode assustar um pouco é a tela inicial toda em Russo. Um usuário sem experiência jamais iria se dar conta de apertar F2 e selecionar outro idioma. Achei isso uma certa falta de cuidado, pois uma distro deveria ter pelo menos essa tela inicial em Inglês (isso se ela quer ter alcance mundial).

Passada essa “dificuldade”, tudo transcorre naturalmente. O instalador lembra muito o instalador antigo do Mandrake, que já era bem maduro para a época. Só faço uma observação, na hora de escolher o tipo de sistema de arquivos de uma partição, não há muitas opções.

O ambiente do KDE nativo dessa distro é muito bonito, os tons de verde agradam e os programas no painel foram bem escolhidos. Infelizmente, apesar da escolha do idioma ter sido Português do Brasil, boa parte dos programas estava em inglês. E não achei um language-pack ou similar no synaptic.

Alguns dados sobre a distro:

O Alt Linux traz o kernel da série 2.6.25. Os programas não são exatamente recentes uma vez que o último release aconteceu no começo deste ano (de lá pra cá tivemos diversos lançamentos).

Origem: Russia

Mantenedor: ALT Linux.

Site: www.altlinux.com

Onde baixar: no site oficial (1 DVD de 4,4 gigas)

Opinião:
Pontos positivos: o tema é muito bonito e a distro é bem trabalhada e organizada.

Pontos negativos: algumas configurações são solicitadas na instalação mas não são mantidas no sistema depois de instalado. O suporte ao idioma Português não ficou legal. Há um certo esforço pós-instalação para deixar a distro redonda e pronta para uso.

Não recomendo para iniciantes.

2 comentários sobre “ALT Linux 4.1

  1. Ola Daniel,

    Fico feliz ao ver que testou o ALT Linux 4.1, realmente a inicialização em russo complica para muitos novos usuários, mas já existe um .iso com inicialização em inglês para a 4.1

    Recomendo que teste o 5.0 TP já disponível em http://www.altlinux.com.br/wiki/ALT_Linux_5.0_TP com telas de boot em português e a instalação completa em português (corrigido o bug da instalação da 4.1 que está 50% em português)

    Abraços
    Fernando Martini

    • Olá, Fernando. Pode ter certeza de que vou testar sim 😉

      Gostei dessa distro e estou ansioso para ver as melhoras

      abraços

      Em Dom, 2009-07-26 às 01:54 +0000,

Os comentários estão desativados.